• Caçador Urgente
  • divulgação

Você sabe como funciona a distribuição de água de Caçador e como ela mudou recentemente?

  • 07/02/2021
  • 275

Desde que iniciou as operações em Caçador-SC, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da cidade, é responsável por implementar um grande processo de recuperação e reconstrução dos sistemas de produção e distribuição da água potável que chega na casa dos clientes.
Para que a população conheça como funciona o sistema de tratamento de água da cidade e saiba mais sobre todas as mudanças realizadas até aqui, a companhia de saneamento do município apresenta ações promovidas no dia a dia.
O primeiro passo para garantir a qualidade do serviço de abastecimento da cidade é a captação do recurso hídrico (água bruta) nos mananciais, sejam subterrâneos (lençóis freáticos e poços profundos) ou na superfície (rios, barragens e lagos).
Em Caçador, o sistema principal faz a captação da água bruta no leito do Rio do Peixe, bombeando o volume necessário para a ETA-Caçador, localizada na Rua Amazonas, no Bairro Santa Catarina. No local, o recurso captado passa por vários processos que "transformam" a água bruta em água potável, plenamente adequada ao consumo humano.
No processo, elementos sólidos como areia e pedras são retirados da água captada. Além disso, é durante o tratamento que ocorre a eliminação de vírus, bactérias e outros micro-organismos causadores de doenças. Para isso, são aplicados alguns procedimentos, conforme as características da água captada.
Veja algumas etapas do processo realizado na Estação de Tratamento de Água de Caçador:
Coagulação: adição e mistura de coagulante na água captada para facilitar a floculação;
Floculação: é o agrupamento dos coágulos, onde se juntam as impurezas da água bruta, formando flocos;
Decantação: deposição dos flocos por ação da gravidade, levando as impurezas para o fundo dos tanques;
Filtração: processo em que a água passa através de substâncias porosas (areia, seixo e antracito), capazes de reter os flocos, impurezas e protozoários;
Fluoretação: adição de fluoretos na água - esse processo permite a redução da cárie dentária infantil em até 65% (conforme determina a legislação vigente);
Cloração: a adição de cloro na água promove o processo de desinfecção, assegurando a eliminação de micro-organismos patogênicos (conforme determina a legislação vigente).
A ETA-Caçador é do tipo convencional e é considerada o "coração" do sistema de abastecimento da cidade. Em abril de 2019, a concessionária iniciou um trabalho extenso de recuperação e reconstrução das infraestruturas que se encontravam bastante deterioradas e com risco de colapso do sistema.
"O trabalho de recuperação da ETA foi desafiador, pois o local se encontrava em situação bastante delicada no início da concessão, com sérios riscos estruturais e falta de capacidade para atender a demanda da população caçadorense. O local foi reformulado e reestruturado para comportar a instalação de três novos filtros, recebeu a reforma dos filtros já existentes, novos equipamentos de monitoramento e automação e seis novos tanques para armazenamento de produtos químicos, que são utilizados para estocar policloreto de alumínio (PAC), cloro e flúor", comenta Cleber Renato, Diretor da BRK Ambiental em Caçador.
Hoje, os novos sistemas de filtração instalados na Estação de Tratamento de Água são responsáveis por cerca de 50% da produção de água tratada da cidade e atuam de forma similar aos quatro filtros que já existiam na ETA-Caçador, clarificando o efluente captado no Rio do Peixe e alterando suas características organolépticas, físicas e químicas - ação que garante a transformação da água bruta em água potável, própria para consumo.
Ao longo das etapas de tratamento, a água passa por inúmeras análises laboratoriais e testes de padrões de qualidade. Tudo isso para garantir a potabilidade para que depois seja transportada até os reservatórios, de onde será distribuída até a casa dos clientes por meio das estações elevatórias e adutoras - redes de distribuição que levam a água até as casas.
Contato com a BRK Ambiental
Em caso de dúvidas, a BRK Ambiental mantém o seu canal gratuito de atendimento, o 0800 771 0001, que está disponível 24 horas. O atendimento está disponível pelo e-mail da BRK (contatocacador@brkambiental.com.br), Facebook e também pelo WhatsApp, pelo número (11) 9 9988-0001.

 


Comentários