• Caçador Urgente
  • Divulgação

Prefa de Caçador usa dinheiro de empréstimo da Finisa em rótula e divulga ser de recursos próprios

  • 11/07/2019
  • 1255

O Programa Revitalizar da Prefa de Caçador, tem por objetivo deixar a cidade mais bonita. E uma das obras foi a rótula de acesso a Rio das Antas. Além dessa, todas as rótulas serão instalados totens, monumentos que simbolizam um resgate da história de Caçador.
O que chama a atenção é que nas obras tem que ter uma placa, mais para questão de transparência para o povão ficar informado. Nessas placas tem a imformação da obra, e que está sendo feita pela Prefa Municipal, com 100% de recursos próprios. Nessa questão a reportagem do Caçador Urgente, resolveu da uma bizolhada melhor, e entrou no Portal da Transparência da Prefa de Caçador, e lá verificamos que; foi destinado R$ 15,500,00 para o totem, o monumento que foi colado na rótula. Então a prefa gastou essa grana alegando ser dinheiro próprio, mas na verdade veio de recursos do Finisa. Ainda com os recursos do Finisa, a Prefa Municipal gastou mais de R$ 38.000, 00 na grama, ( que já está seca) e isso tudo sem contar com iluminação, pavers, tinta, flores e camada asfáltica o que vai aumentar ainda mais os gastos.
Então o que a Prefa fez, pegou um dinheiro emprestado, que vai ficar para a próxima administração pagar, e dizer que é 100% de recursos próprios. Lembrando que a Secretaria de Infraestrutura tem a peãozada para fazer esta obra, mas preferiu pegar uma empresa terceirizada de fora do município e pagar essa grana toda só para a grama, sendo um dim dim jogado fora.
Essa obra era uma prioridade para Caçador? O que seria de mais prioridade para o município? Talvez um Parque Industrial seria mais importante do que um Parque linear, pois Caçador tem um índice de 13% de pessoas desempregadas. Portanto a administração precisa aplicar aonde trás benefícios para a população.
A assessoria da Prefa de Caçador que volta e meia, vem divulgar notas de Fake News de publicações que não lhe agradam, agora estão sendo desonestos com os caçadorenses, fazendo publicações ilegais em suas obras. Tá na hora do Ministério Público abrir os olhos para tais engambelações.

Comentários